sábado, 31 de março de 2012

FOTOS DO SULAMERICANO EM BELÉM

Conforme prometido, não poderia deixar mais dias para colocar aqui as fotos do sulamericano tiradas por mim, Arivana (que sempre frequenta o blog) e Yasmim (uma menina que a Arivana conheceu no centro aquático e gentilmente nos cedeu as fotos, muito obrigada!)

Esta foi a primeira vez que pude acompanhar uma competição de natação e, particularmente, ADOREI!!! A energia estava maravilhosa e tenho certeza que ajudou os atletas com um "fôlego" a mais! Além disso, genteeee o que é ver o seu ídolo de perto!? Sem palavras, sem reação! É emoção pura! Todos devem um dia ir prestigiar o trabalho desses atletas, garanto que não irão se arrepender! Que venha Londres, quero ver TODA a delegação brilhando e feliz com suas superações e, claro, com muitas medalhas para o Brasil!





(Henrique Barbosa e Leonardo de Deus)








Com a Dona Flávia e Arivana. A senhora pode ter certeza que nosso carinho pela pessoa e pelo atleta, Cesar Cielo, continuará, o blog é apenas uma forma que temos para demonstrá-lo! Muito obrigada pela atenção e simpatia! :)

Este final de semana foi mágico e ficará marcado para sempre! Beijos em todos! :)

CAMPANHA PENSE BEM!

VÍDEO

Basta clicar em vídeo para ver a entrevista sobre a campanha para o Bom dia Brasil.


FOTOS -retiradas da Fan Page do Cesão




Assim que sair o vídeo da campanha posto aqui no blog!

Estou devendo as fotos do sulamericano, ainda neste final de semana coloco aqui!

Beijos,Déa! :)

sexta-feira, 23 de março de 2012

quinta-feira, 22 de março de 2012

Magnussen, cada vez mais uma ameaça para Cielo

 Cesar Cielo que se cuide. A jovem ameaça australiana, de 20 anos, está mesmo em grande forma desde que surpreendeu o mundo ao desbancar o brasileiro na final dos 100m livre do Mundial de Xangai, no ano passado. Um dia depois de se aproximar perigosamente do recorde mundial de Cielo, marcando 47s10 nos 100m, durante as seletivas da Oceania para os Jogos de Londres, James Magnussen mandou outro recado claro ao seu mais temido rival. O novo prodígio das piscinas australianas conseguiu a melhor marca do ano nos 50m, com 21s74. Ele desbancou Cielo, que na última sexta-feira havia conseguido 21s85 na final do Sul-Americano, em Belém.

- Definitivamente, acho que posso nadar os 100m abaixo dos 47s. Quanto aos 50m, não sei até onde posso chegar. Estou surpreso, porque eu e meu técnico tínhamos uma meta realista de 22s2 para a prova - disse Magnussen nesta quarta-feira, após a forte seletiva em que superou seu compatriota medalhista de prata nos 100m em Pequim, Eamon Sullivan.
Três provas em Londres
Antes da competição na China, Magnussen era um jovem desconhecido e as ameaças para Cielo estavam bem mais depositadas em nomes como o do francês Alain Bernard. Mas a ascensão do australiano tem sido meteórica e constante. Os 47s10 que ele marcou na segunda-feira impressionam ainda mais se levado em conta que o recorde de Cielo, de 46s91, no Mundial de Roma, em 2009, foi obtido na época em que ainda era permitido pela Federação Internacional de Natação (Fina) o uso dos supermaiôs.
- Este tempo (dos 50m) sem dúvida é para pódio, em competições internacionais. Claro que ele me dá mais confiança para a disputa da prova em Londres. Mas não vou me concentrar nele.
O resultado confirmou a presença de Magnussen também na prova dos 50m nos Jogos de Londres. Ele já havia conquistado a classificação nos 100m. O velocista também comanda o fortíssimo quarteto australiano no revezamento 4x100m livre, ouro no Mundial de Xangai.
Antes da prova dos 50m, o jovem nadador escondera o jogo, declarando que nadaria a distância apenas para trabalhar melhor sua velocidade para a prova que considera sua maior especialidade, a dos 100m livre. Entretanto, o tempo de 21s74 obtido ontem foi mais de meio segundo mais rápido do que sua melhor marca anterior. A última vez que alguém havia nadado abaixo disso foi justamente quando Cesar Cielo conquistou a medalha de ouro no Mundial de Xangai, com 21s52.
Magnussen não foi o único destaque australiano nas seletivas em Adelaide. A nadadora Lisbeth Trickett, outra veterana de volta às piscinas, conseguiu, com seu quinto lugar nos 100m livre, a vaga no revezamento australiano para os Jogos Olímpicos. Ao contrário dela, o cinco vezes campeão olímpico Ian Thorpe falhou em suas tentativas de obter o índice para os Jogos de Londres nos 200m.

Yahoo!

-

Torno a Dizer, CONFIO NO CESÃO ;)

quarta-feira, 21 de março de 2012

"

Fator Cielo’: campeão olímpico alavanca expectativa para Londres

Treinador da equipe brasileira acredita que país chegará aos Jogos
com mais possibilidades de medalhas e finais do que em Pequim-2008

 

Campeão olímpico e bicampeão mundial nos 50m livre, campeão mundial e medalha de bronze olímpico nos 100m livre e campeão mundial nos 50m borboleta. O currículo deixa claro a importância de Cesar Cielo para a natação brasileira em termos de resultados individuais. Entretanto, a expectativa é de que ele represente mais do que isso. Faltando pouco mais de quatro meses para os Jogos Olímpicos de Londres, a aposta do Brasil não é somente no bicampeonato do maior nadador de sua história, mas também em uma participação marcante, alavancada pelo “Fator Cielo”.
Com 14 nadadores já classificados para Londres-2012, o Brasil ainda tem mais duas competições para que outros consigam o índice que lhes garanta uma vaga. Superar o número de 27 de Pequim-2008, por sua vez, não é a meta. Mais do que quantidade, os brasileiros apostam na qualidade da equipe que vão mandar para a disputa por medalhas.

- Não me preocupo com a quantidade, mas com a qualidade. Em Pequim, tivemos duas medalhas com o Cielo. Aqui (em Londres), entraremos com uma perspectiva melhor. Além do Thiago (Pereira), que já foi finalista olímpico, temos o Felipe França, o Bruno Fratus, que foi o segundo melhor em 2011 nos 50m... Vamos entrar nas Olimpíadas com perspectivas de mais atletas em finais. Assim, as chances de medalhas aumentam. Chegaremos para Londres melhor do que chegamos em Pequim, independentemente da quantidade de atletas – disse Fernando Vanzella, chefe da delegação do Brasil na disputa do Campeonato Britânico, no início do mês, evento que marcou a inauguração da piscina do Centro Aquático de Londres.

A confiança do treinador brasileiro muito se deve muito ao impulso dado pelas conquistas de Cesar Cielo nos Jogos da China ao restante dos atletas brasileiros. Para Vanzella, os resultados e a proximidade do campeão tornaram uma medalha olímpica algo mais palpável para todos.
- O grande ponto do Cielo é que, depois de Pequim, ele fez grande parte da preparação no Brasil. Então, até amigos passaram a conviver mais com ele. O grande ponto da conquista, de uma medalha de ouro que o Brasil não tinha, é mostrar que nós podemos. Os caras pensam: “Se o Cielo chegou, por que não também outros”. Isso contribuiu para o desenvolvimento.

O brasileiro, por outro lado, lembrou que o retorno da natação brasileira aos pódios em Olimpíadas e Mundiais é fruto também de um trabalho de preparação mais bem planejado pela Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) nos últimos anos.

- Existem também outros trabalhos. A confederação investiu na parte de biomecânica, em competições preparatórias, treinamento em altitude... O trabalho tem sido feito mais a longo prazo, de uns 10 anos para cá, e isso começa a ter resultado.
Jovem acredita em bi olímpico 'sem problemas'

Promessa somente para 2016, o jovem André Pereira, de 18 anos, foi um dos representantes brasileiros no Campeonato Britânico e deu o tom da importância do “Fator Cielo” para as novas gerações:

- Todo mundo que nada provas de velocidade se espelha nele. É um cara do nosso país, recordista mundial... Ele está bem focado para as Olimpíadas, ganhou até fácil o último Mundial e acho que não vai ser problema para ele manter o ouro olímpico.

Cesar Cielo é um dos 13 brasileiros já garantidos em Londres-2012, nas provas de 50m e 100m nado livre.
 
GE

-

RAAAI MUUUUITO OBRIGADA!!!

 

sábado, 17 de março de 2012

DEU CESÃO 48S70. É OURO!!!!

Gentee, enviei uma mensagem para a Jack, mas ela não conseguiu postar aqui!!! Pois bem, CESÃO É OURO com um dos melhores tempos do ano (TEMPO INFERIOR AO ÍNDICE OLÍMPICO)!!! Daqui a pouco ainda tem o revezamento, coloco aqui as notícias!!!
Ah, Cesão disse que este é mais um recado para os adversários e que no Maria Lenk ele estará 99%. VAMOS AGUARDAR!!!!!!!!!

Cielo se poupa e vai à final dos 100m livre com apenas o 5º melhor tempo

Glauber Silva sobra nos 50m costas e vai à final com marca de 25s88

 Um dia depois de fazer o tempo mais baixo do ano nos 50m livre, Cesar Cielo preferiu se poupar nas eliminatórias dos 100m livre do Sul-Americano de Esportes Aquáticos. Em Belém, o recordista mundial da prova avançou apenas com o quinto tempo para a final (50s13), com Bruno Fratus em sexto (50s49). A melhor marca das eliminatórias foi feita pelo venezuelano Cristian Quintero: 50s05.

Nas eliminatórias femininas, Graciele Hermann e Daynara de Paula se classificaram à final dos 50m livre com o segundo e terceiro melhores tempos, respectivamente. As brasileiras, que marcaram 25s71 e 25s78, ficaram atrás apenas da venezuelana Arlene Seco, com 25s58. Nos 100m costas, a colombiana Carolina Henao foi a mais rápida da bateria com 1m02s20. As brasileiras Natália Diniz e Etiene Medeiros bateram em seguida, com 1m03s97 e 1m04s60.

Campeã dos 50m peito, Ana Carla Carvalho Fez o melhor tempo das eliminatórias nos 100m peito com 1m11s12. Tatiane Sakemi foi a terceira mais veloz do dia, com 1m13s00.

Entre os homens, nos 50m costas, Daniel Orzechowiski sobrou com 25s76, seguido por Glauber Silva, com 25s88. Na disputa dos 200m peito, Henrique Barbosa foi à final com 2m18s94, mais de quatro segundos atrás do colombiano Jorge Valdes, o mais veloz das duas baterias com 2m14s37.

Nos 400m medley, Thiago Pereira foi o mais rápido do dia. O nadador do Corinthians cobriu a distância em 4m31s42. Henrique foi o terceiro com 4m33s93.

sportv


sexta-feira, 16 de março de 2012

SMS DA DÉA DIZENDO: GANHOU 21.85 !!
KKK VIM CORREEEEEENDO POSTAR!!!

-

Cielo faz melhor tempo do ano nos 50m livre e manda recado para rivais

Recordista mundial da prova nada abaixo dos 22s, faz dobradinha com Bruno Fratus e diz que adversários vão ter que começar a ficar atentos

Os olhos procuraram rapidamente o placar eletrônico. Cesar Cielo estava ansioso para saber se tinha vencido o duelo com Bruno Fratus. Depois de ter segurado nas eliminatórias e avançando à final com o quarto tempo, o recordista mundial dos 50m livre mostrou que os adversários vão ter trabalho para tentar roubar dele o ouro olímpico em Londres.  Nesta sexta-feira, Cielo não foi o mais rápido apenas no Sul-Americano de Esportes Aquáticos de Belém. Com o tempo de 21s85, é agora também o mais veloz do mundo na temporada. Até então, o americano Nathan Adrian era o líder do ranking (21s94).
Fratus, que tinha se classificado com a melhor marca, ficou com a medalha de prata (22s13). Ele é dono do sexto melhor tempo do ano. O bronze ficou com o argentino Federico Gabrich (22s50)
- A gente está caminhando para essa mesma dobradinha em Londres. Na progressão de competições que a gente tem, os tempos que ele está fazendo e os que eu estou fazendo dá para sonhar alto assim. Hoje a sensação foi melhor do que o tempo. Achei que estava um pouquinho mais rápido do que isso, mas é sempre bom estar dando uma mensagem para os adversários. É mais mas uma prova com o melhor tempo do mundo e espero que o pessoal comece a ficar mais esperto com a gente - sorriu Cielo, que na quarta-feira, também estabeleceu a melhor marca da temporada nos 50m borboleta.
Neste sábado, ele volta à piscina para disputar os 100m livre. Confira a programação.

SPORTV

-

VALEU DEAA BOA SORTE AIIII. QUE DE TUDO CERTO, TO DAKI TORCENDOO!!!

 

quinta-feira, 15 de março de 2012

Depois dos ouros nos EUA, Cielo disputa Sul-Americano em Belém

Na companhia de 11 dos 14 nadadores com índice de participação para Londres, recordista mundial faz sua segunda competição no ano olímpico 

O ano começou dourado para Cesar Cielo. Depois de um período de treinamento pesado em San Luis Potosi, ele embarcou para os Estados Unidos para a disputa do Grand Prix do Missouri. Reencontrou alguns de seus principais adversários na corrida pelo ouro nos Jogos de Londres, e levou a melhor sobre eles ao vencer os 50m e os 100m livre. A partir desta quarta-feira, às 10h, em Belém, o recordista mundial fará a sua primeira competição diante do público brasileiro. Além dele, 11 dos 14 nadadores do país com índice olímpico, disputarão o Sul-Americano de Esportes Aquáticos. O SporTV2 transmite as finais às 19h.

- Assim como foi no GP de Missouri, vamos tentar analisar como está a preparação e a forma física que a gente vem conquistando nos treinamentos. Nos 50 m borboleta (nadará nesta quarta), que não é uma prova olímpica e não está valendo índice, será bom ter um adversário como o venezuelano Albert Subirats. Não sei em que fase de preparação ele está, se está vindo pesado, mas é um nome importante na natação sul-americana. O pessoal está fazendo trabalho de potência, mas eu ainda estou trabalhando com força. Fico mais travado que os caras, mais duro, ainda sem explosão - disse Cielo.
Embora o técnico Alberto Silva tenha diminuído um pouco o volume do treino em relação ao período da competição nos EUA, Cielo ressalta que a fase de preparação ainda está pesada. Na véspera da viagem treinou em dois períodos e fez uma hora e meia de musculação. Ainsa assim o treinador acredita que o pupilo poderá melhorar seus tempos na temporada tanto nos 50m como nos 100m livre. Em 2012, Cielo é dono da sexta melhor marca nos 50m (22s13) e da 28ª nos 100m (49s51). Os líderes dos rankings são o americano Adrian Nathan (21s94) e o australiano James Magnussen (48s05).
- Essa é a meta, o desafio. Não é como quando se está polido e também porque o ranking vai estar mexendo muito. Nesta semana tem seletivas australianas, os caras buscando vaga na seleção deles que vai para Londres. Vai ser mesmo um desafio de melhorar os tempos - afirmou Albertinho.
Depois do compromisso em Belém, Cielo disputará o Troféu Maria Lenk, em abril, e duas etapas do Mare Nostrum (Canet e Barcelona), antes das Olimpíadas.
O Sul-Americano é mais um dos eventos que servem como seletiva olímpica da natação brasileira. Alguns dos 14 países participantes também usarão o evento para compor suas delegações que irão a Londres em julho. Depois de Belém, os atletas brasileiros poderão buscar vagas apenas no Troféu Maria Lenk, de 24 a 28 de abril, e na Tentativa Olímpica, de 9 a 12 de maio, ambas no Rio de Janeiro.
A primeira semana do campeonato será da natação, saltos ornamentais e maratonas aquáticas. Os saltadores encontrarão os fortes adversários colombianos e venezuelanos que também conseguiram vagas nos Jogos durante o Pré-Olímpico, realizado em fevereiro. Nas maratonas, a prova será preparatória para a etapa da Copa do Mundo de Eilat, em Israel, em 1º de abril. De 19 a 25 de março, será a vez do nado sincronizado e do polo aquático. No mês que vem, os atletas das duas modalidades vão disputar os torneios Pré-Olímpicos.

SPORTV

-

14/03/2012 19h14 - Atualizado em 14/03/2012 22h25

Cielo leva o ouro nos 50m borboleta com melhor tempo do mundo no ano

No primeiro dia de disputas da competição em Belém, nadador se surpreende com a marca e admite que está ainda mais confiante para Londres 

Assim que deixou a piscina após as eliminatórias dos 50m borboleta com o segundo melhor tempo, Cesar Cielo avisou que mesmo sem estar no melhor de sua forma tentaria surpreender Glauber Silva na final. Fez mais. Nesta quarta-feira, no primeiro dia de disputas do Sul-Americano de Esportes Aquáticos em Belém, ele bateu na frente e ainda estabeleceu a melhor marca do mundo na temporada: 23s26. Até então, o ranking era liderado pelo australiano Matt Targett com 23s51.  Satisfeito com o resultado, ele recebeu a medalha de ouro debaixo de chuva. Achou graça e não tirou o sorriso do rosto. Ao seu lado do pódio estavam Glauber (23s64) e o venezuelano Albert Subirats (23s78). Cielo volta a cair na água na sexta-feira para nadar a prova na qual é o atual campeão olímpico e bicampeão mundial: os 50m livre.

- Não sabia que era melhor tempo do ano. Essa prova tem me dado muita felicidade de nadar. É bem descontraída. Não esperava fazer esse tempo, não. Fiz o treinamento normal e  musculação. Agora vou ficar mais confiante e ambicioso para as Olimpíadas e acho que o caminho está certo. Essa prova me deixou bastante empolgado para nadar o resto do campeonato aqui - disse Cielo, campeão mundial da distância (no olímpica) em Xangai, no ano passado.
Além do ouro de César Cielo, o Brasil garantiu mais cinco primeiros lugares nesta quarta-feira: Ana Carla Carvalho (50m peito), Daynara Paula (100m borboleta), Felipe França (100m peito) e o revezamento 4 x 200m livre feminino

SPORTV

-


TEM TB UM VÍDEO É SÓ CLICAR AQUI PRA VER..!!!

-

GALERA OBRIGADA PELOS LINKS!!!!

 

quarta-feira, 14 de março de 2012

PRIMEIRO DIA DE PROVAS

Brasil domina primeiro dia de eliminatórias do Campeonato Sul-Americano

Por SporTV.com Belém, PA

Logo na primeira prova de natação do Campeonato Sul-Americano de Esportes Aquáticos, Cesar Cielo fez sua estreia com o segundo melhor tempo das eliminatórias dos 50m borboleta, nesta quarta-feira, em Belém. Glauber Silva foi o mais rápido da primeira fase. As finais serão realizadas a partir das 19h, com transmissão ao vivo do SporTV.

Cielo nas eliminatórias do Campeonato Sul-americano de natação (Foto: agif)
Cielo larga para sua estreia no Campeonato Sul-Americano, em Belém (Foto: agif)

Como de costume, o campeão olímpico e bicampeão mundial dos 50m livre escolheu os 50m borboleta para quebrar o gelo da competição. Com a marca de 24s01, Cielo ficou atrás apenas de Glauber Silva, que fez 23s77, novo recorde do campeonato. nas eliminatórias. O terceiro mais rápido foi o argentino Marcos Barale, com 24s57.

FOTOS




Fonte: ORM

Por enquanto é isso gente, a noite, a partir das 19:00 tem transmissão ao vivo pelo SporTv. Vou dar uma passadinha por lá e vê se consigo umas fotos e claro, falar com o Cesão! :)

Beijos



MR. CAT


Mr. Cat - Making of Campanha Inverno 2012 from Bianca Galvão on Vimeo.


Obrigada Raissa! :)

Beijos gente, estou separando notícias e fotos do Sulamericano para vocês!!!

segunda-feira, 12 de março de 2012

Nadadores britânicos têm Cielo como exemplo a ser seguido

 O Centro Aquático de Londres recebeu na última sexta-feira as finais do Campeonato Britânico de Natação nos 50 m livre, prova em que Cesar Cielo é considerado o grande favorito para faturar o ouro nos Jogos Olímpicos de 2012.

O brasileiro, atual campeão olímpico, bicampeão mundial e recordista dos 50 m, não veio à capital britânica, mas mesmo assim seu nome foi destaque nas finais realizadas no Centro Aquático. Os atletas britânicos tentavam o índice olímpico para competir ao lado do atual do brasileiro.
O vencedor da competição, Adam Brown, é velho conhecido de Cielo e não esconde sua admiração por ele. "Somos bons amigos, na verdade. Treinamos juntos por vários anos em Auburn (Universidade no Alabama, EUA, onde Cielo treinou durante grande parte de sua carreira)", contou o inglês.
"Medalha de ouro em Pequim, campeão mundial, não tem como negar. Ele é um grande exemplo para mim, um modelo a ser seguido", afirmou Brown.
O atleta acredita que Cielo é o nadador a ser batido durante os Jogos de Londres. "Ele é o atual campeão olímpico, isso já diz tudo. Vai ser muito difícil para todo mundo aqui em Londres em julho e será interessante ver as provas dos 50 m."
Brown cravou 22s48 na seletiva britânica e não atingiu o índice olímpico de 22s11. Mesmo assim, ele está confiante que poderá voltar ao Centro Aquático em julho e acredita que o apoio da torcida local pode ajudar a reduzir a distância entre suas marcas e as de Cielo.
"Com certeza, o apoio da torcida será incrível durante os Jogos. Espero conseguir o índice em junho nas seletivas britânicas de Sheffield para poder competir com os nadadores mais rápidos do planeta aqui em Londres."
O segundo colocado no Campeonato Britânico, Craig Gibbons, também ressalta o favoritismo de Cesar Cielo e o aponta como referência para os britânicos. "Ele é um dos melhores do mundo. E é lá que eu também quero chegar", disse. "Por isso, tento prestar atenção no que ele vem fazendo e quem sabe um dia não consigo alcançar a posição que ele conquistou", completou.

Terra

-

;* galera ontem foi muito bom em  Salvador, agora a familia cresceu e ficou muuuuuito melhor... adorei conhecer meus novos primos e meus novos tios.... fiquei muito feliz!!! e vamo que vamo que la vem o SULAAA!!

sábado, 10 de março de 2012

Video

Exclusivo: Cielo diz que é bom chegar a Londres como o favorito das Olimpíadas




-

Cesar Cielo põe a mão na massa e mostra seus dotes culinários