domingo, 16 de março de 2014

Cesar Cielo é apresentado no Minas 
e avisa: 'Posso nadar bem de novo'

Recordista olímpico e mundial assina contrato por três temporadas. Atleta está recuperado de cirurgia no joelho


Em uma quinta-feira ensolarada, as piscinas do Minas Tênis Clube brilharam mais que o normal. O clube apresentou oficialmente o medalhista de ouro olímpico Cesar Cielo. O nadador vai defender o clube nas próximas três temporadas.
Cesar Cielo mostrou estar contente com o acerto  e disse que a estrutura do clube mineiro é a melhor para voltar a nada bem, depois de se recuperar por quase seis meses e meio de cirurgia nos joelhos.
- Eu estou muito feliz com esta parceria, não precisa nem falar muito. O Minas há anos é um dos clubes de elite da natação. Espero continuar o que vem sendo feito, continuar adicionando títulos. Ano passado quando eu passei pela cirurgia no joelho, eu tinha conversado com o Minas, mas não sabia em que condições físicas eu estaria. Hoje eu sinto que eu posso nadar bem de novo. Podem me colocar no revezamento, de borboleta. Eu me sinto mais confortável e apto para competir. Eu estava precisando desta confiança. A decisão foi fácil, eu esperava um lugar com estrutura técnica e física e pode se falar que o Minas é o melhor clube de esportes olímpicos do Brasil. 
 O nadador tem oito medalhas de ouro em campeonatos mundiais e fica no clube de Belo Horizonte até as Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro. A equipe de natação do Minas venceu o Troféu Maria Lenk, o Troféu José Finkel e os Brasileiros de Inverno e de Verão em 2013, o que foi decisivo para a escolha de Cielo em atuar pelo clube.
No ano passado, Cesar Cielo voltou às origens e defendeu sua antiga casa na adolescência, o Clube de Campo de Piracicaba (CCP), no Troféu Maria Lenk. Em fevereiro deste ano, Cielo, assim como Felipe França, pediu dispensa dos Jogos Sul-Americanos que estão acontecendo em Santiago, no Chile.
Veja abaixo a ficha técnica e um resumo de suas principais conquistas.  
Nome completo: Cesar Augusto Cielo Filho
Data de nascimento: 10/1/1987 (Santa Bárbara D’Oeste-SP)
Altura: 1,95m
Peso: 88kg
Principais conquistas
Olimpíadas
- Ouro nos 50m livre (Pequim 2008)
- Bronze nos 100m livre (Pequim 2008)
- Bronze nos 50m livre (Londres 2012)  
Mundiais
- Prata no revezamento 4x100m livre (Indianápolis 2004)
- Ouro nos 50m livre (Roma 2009, Dubai 2010 e Xangai 2011)
- Ouro nos 100m livre (Roma 2009)
- Bronze no revezamento 4x100m (Dubai 2010)
- Ouro nos 200m livre (Dubai 2010)
- Bronze no revezamento 4x100m medley (Dubai 2010)
- Ouro nos 50m borboleta (Xangai 2011)
- Ouro nos 50m borboleta (Barcelona 2013)
 
Pan-Americanos
- Ouro nos 100m livre (Rio 2007 e Guadalajara 2011)
- Ouro no revezamento 4x100m livre (Rio 2007 e Guadalajara 2011)
- Ouro nos 50m livre (Rio 2007 e Guadalajara 2011)
- Prata no revezamento 4x100m medley (Rio 2007)
- Ouro no revezamento 4x100m medley (Guadalajara 2011)  
Recordes mundiais e olímpicos
- 50m livre – 20s91, em 18/12/2009, São Paulo (BRA)
- 100m livre – 46s91, em 30/7/2009, Roma (ITA) - o mais rápido de todos os tempos na era pós-maiôs, nos 50m livre (21s32, Barcelona 2013)  
- 50m livre – 21s30, em 16/8/2008, Pequim (CHN) - recorde olímpico

sábado, 15 de fevereiro de 2014

Cesar Cielo abre temporada perdendo a segunda seguida para Bruno Fratus

Os dois competiram por equipes norte-americanas no GP de Orlando


Cesar Cielo pode até ser o campeão e recordista mundial dos 50m livre, mas já são duas provas seguidas em que ele é derrotado por Bruno Fratus. Na noite desta sexta-feira os dois nadaram lado a lado no Grand Prix de Orlando (Estados Unidos) e Fratus levou a melhor, com o tempo de 22s00, deixando para trás Cielo, que completou em 22s15.

Os dois competiram por equipes norte-americanas. Fratus, que defende o Pinheiros no Brasil, mas que tinha sua base na Itália, agora treina em Auburn, antiga casa de Cielo nos EUA. Já o campeão mundial faz parte do Mesa Aquatics, do Arizona, tendo migrado para lá com o seu técnico, o norte-americano Scott Goodrich, ex-colega de Auburn.

As marcas feitas nesta sexta-feira em Auburn deixam Fratus como o terceiro e Cielo o quarto mais rápidos de 2014 até aqui, numa temporada que está só começando, sem nenhuma prova forte na Europa ainda. O australiano James Magnussen lidera com 21s88, seguido por Nathan Adrian (EUA), com 21s89.

Cielo, que pediu dispensa de nadar os Jogos Sul-Americanos, mês que vem, em Santiago, já havia perdido para Fratus no Troféu Daltely Guimarães, em dezembro, em Porto Alegre. Na ocasião, Fratus voltava de uma lesão no ombro que o tirou do Mundial de Barcelona e marcou 21s82, sendo 10 centésimos mais rápido que o rival.

OUTROS RESULTADOS
O GP de Orlando começou na quinta-feira com medalha brasileira. Felipe Lima, bronze no Mundial, foi prata nos Estados Unidos nos 100m peito, com 1min01s85, perdendo apenas para o norte-americano Mike Alexandrov. Thiago Sickert acabou em sétimo nos 100m borboleta.

Já nesta sexta-feira Felipe Lima nadou os 200m peito, prova que não é sua especialidade, e terminou na quarta colocação, com 2min16s48, depois de cansar nos últimos 50 metros e perder a segunda colocação. A juvenil Fernanda Delgado acabou em sétimo nos 50m livre, enquanto Luiz Pedro Pereira foi sexto nos 200m borboleta.

Nos Estados Unidos, Cesar Cielo compete pela primeira vez em 2014

Grand Prix marca mais um capítulo da disputa de Cielo com o compatriota Bruno Fratus, que venceu o último encontro, em dezembro do ano passado


Atual tricampeão mundial dos 50m livre, Cesar Cielo terá, no Gran Prix de Orlando, sua primeira competição em 2014. Ele está inscrito nas provas dos 50m e 100m livre e dos 100m borboleta no evento que tem início nesta quinta-feira, com transmissão ao vivo do SporTV, a partir das 21h (de Brasília).
Nos 50m livre, Cielo terá novamente um duelo com o também brasileiro Bruno Fratus, quarto colocado nas Olimpíadas de Londres. Na última vez que se enfrentaram, no Open de natação em dezembro,  Bruno levou a melhor. Na lista de entrada de Orlando, Cesar Cielo tem o melhor tempo de balizamento e Bruno, o terceiro. No meio deles, o norte-americano Cullen Jones, que tem no currículo duas medalhas de ouro em Jogos Olímpicos. Fratus, que está morando em Auburn, nos Estados Unidos, está confiante:
- A minha expectativa é sempre nadar o mais rápido possível, independentemente de qualquer coisa. Além disso, estou ansioso para testar algumas novas técnicas que venho aprendendo aqui em Auburn – comenta o atleta que vive na mesma universidade que Cesar Cielo treinava quando conquistou o ouro olímpico em 2008.
Outro brasileiro favorito à medalha de ouro na competição é Felipe Lima, que entra com o melhor tempo entre todos os competidores nos 100m peito. No Campeonato Mundial do ano passado, em Barcelona, ele foi medalha de bronze nesta prova. 
Ryan Lochte de volta
O americano Ryan Lochte, que tem no currículo 11 medalhas olímpicas, volta a competir depois de oito meses. A última vez que ele caiu na água em uma competição oficial foi no Campeonato Mundial de Barcelona. Como de costume, está inscrito em uma longa lista de provas: 100m e 200m livre, 100m e 200m costas, 100m borboleta e 200m medley. 
Outros sete brasileiros estarão em ação: Thiago Sickert, André Brasil, Beatriz Travalon, Melissa Marinheiro, Marco Hosfeld, Daniel Pereira e Luiz Pedro Pereira.

César Cielo pede dispensa e Thiago Pereira é convocado para Sul-Americano, no Chile

Torneio será realizado em Santiago; Brasil vai levar diversos atletas renomados


Cesar Cielo está fora dos Jogos Sul-Americanos de Santiago. O brasileiro pediu para ser desconvocado da competição, que vai acontecer entre 7 e 18 de março, no Chile. De acordo com a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), a entidade ouviu a diretoria técnica e consultou a comissão técnica permanente antes de aceitar o pedido de dispensa.

Além de Cielo, campeão mundial dos 50m livre e dos 50m borboleta também Felipe França, ex-campeão mundial dos 50m peito, pediu dispensa da competição. Para o lugar deles foram convocados o medalhista olímpico Thiago Pereira e o também especialista em nado peito Henrique Barbosa.

Diferente das últimas edições dos Jogos Sul-Americanos, o Brasil vai levar diversos atletas de renome a Santiago. Na natação estão garantidos Bruno Fratus, Felipe Lima e Leonardo de Deus, por exemplo. Na convocação inicial, de 28 atletas, poucos nomes importantes da seleção ficaram de fora, com destaque exatamente para Thiago Pereira.

Nesta quinta-feira, começa nos Estados Unidos o Grand Prix de Orlando e Cielo está inscrito. Além dele, devem nadar Bruno Fratus, Felipe Lima, Beatriz Travalon e o paratleta André Brasil. Cielo compete nas provas de 50m e 100m livre nos estilos livre e borboleta.




sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

FELIZ ANIVERSÁRIO, CESÃO!!!

VOCÊ MERECE TUDO DE BOM E MUITO MAIS, MUITA FORÇA, MUITA GARRA, MUITA PROTEÇÃO, MUITA PAZ NO CORAÇÃO, MUITA FELICIDADE, MUITA ENERGIA, VIDA, AMOR, DETERMINAÇÃO, TUDO DE MELHOR QUE DEUS E O MUNDO PUDEREM TE DAR, VOCÊ É MAIS QUE MERECEDOR!!!


E QUE NESSE DIA TÃO ESPECIAL, EM QUE DEUS NOS (SIM, NOS) DEU O PRAZER DE TE TRAZER AO MUNDO, NÃO TE FALTE CONFIANÇA NO FUTURO, E QUE VOCÊ TENHA A CERTEZA DE QUE NÓS ESTAREMOS AO SEU LADO SEMPRE.


sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Premiação elege os melhores atletas do ano e coroa Cielo como destaque

A quarta edição do Prêmio Sport Life, realizada na noite desta terça-feira, no Centro da Cultura Judaica, em São Paulo, elegeu os melhores atletas olímpicos e paralímpicos de 2013. Os profissionais disputaram 13 categorias, além de paratleta masculino e feminino, revelação e o grande prêmio da noite, que ficou nas mãos de Cesar Cielo, como o atleta do ano. O evento contou com a participação de grandes nomes, que entregaram os troféus aos vencedores.

O ex-BBB e tetracampeão mundial de paracanoagem, Fernando Fernandes, entregou o prêmio de paratleta do ano para a velocista Terezinha Guilhermina, que nos Jogos Paralímpicos de Londres 2012 faturou o ouro nos 100m e nos 200m.

- Eu acho ótimo esse reconhecimento em relação aos esportes paralímpicos, acho fantástico e são atletas que eu admiro muito – disse Fernando.
Bruno Soares, que recentemente entrou para o top 10 do ranking mundial de na categoria de duplas, como nº 3, recebeu o prêmio de tenista do ano de 2013. 

- É muito especial. Eu acho que todo prêmio que você recebe é resultado do seu trabalho. Chegar no fim de uma temporada como essa e ser coroado como o melhor tenista do ano é muito legal, é um reconhecimento. Para mim é uma satisfação enorme, dentre todos os tenistas do Brasil, ser eleito o melhor – afirmou Bruno.

De olho nas Olimpíadas, a jogadora de vôlei de praia Taiana, que ganhou o Circuito Mundial de 2013 ao lado de Talita, acredita que as conquistas da dupla no ano fazem as atletas saírem na frente em relação a outros profissionais da modalidade para os Jogos de 2016. Elas receberam o prêmio de melhor dupla de vôlei.
- Em um primeiro ano de trabalho, você receber alguns prêmios e ser indicado a outros, mostra que o trabalho está sendo bem feito. Podemos dizer que começamos a corrida olímpica com o pé direito - garantiu Taiana.

A revelação do ano ficou por conta de Augusto Dutra, do salto com vara, que bateu quatro recordes em 2013.

- É muito importante ganhar esse prêmio porque é um reconhecimento do meu trabalho. Fico muito feliz de ser lembrado e acredito que seja bom para o atletismo também. Eu nem imaginava que ia ganhar, mas do ano passado para esse dei um "salto" enorme, fiquei em uma marca muito boa, então foi uma revelação mesmo - declarou Augusto.

Outra revelação, que ganhou o prêmio de ciclista do ano, foi o jovem Henrique Avancini, campeão pan-americano de mountain bike.

- É gratificante. Depois de uma temporada difícil, que exigiu muito, mas que conseguimos nos sair bem, receber um prêmio como esse é um gás inesperado. É uma felicidade que vem em uma boa hora - concluiu Henrique.

Campeã mundial do salto com vara, Fabiana Murer também compareceu ao evento e entregou o troféu de atletismo para o colega Thiago Braz. 

- É um atleta que treina comigo, conheço bastante da carreira dele, acompanhei bastante. Estou feliz e espero que ele continue tendo bons resultados.

GLOBO