sábado, 2 de julho de 2011

Oi pessoal como vão? Quanto tempo heim? justo quando eu tenho tempo de sobra p acessar internet me vem uma enxurrada de noticia louca rs. q negocio eh esse de doping? ahh meu deus... Cesão, relaxe, fique frio q Deus resolve tudo, estamos do seu lado pro q der e vier... acreditamos em vc e temos certeza de q tudo vai dar certo não so pra vc... mas pro Nicholas, pro Henrique e pro Vinicius tb. agora deixa eu postar as coisas q sairam... não sei se vc reparam nisso mas são 8:00 da manhã... a unica hora q eu tive tempo hj, o resto do dia vai ser totalmente atribulado com as coisas de casa, acho q hj eu so paro as 10 da noite! é coisa pra fazer viu?! Um beijo meus amores, tava com saudades!!

--

Cielo e mais três caem no antidoping, mas sofrem apenas advertência

Nicholas Santos, Henrique Barbosa e Vinícius Waked também foram flagrados por uso de furosemida; CBDA aceita justificativa, mas caso ainda vai à Fina


A menos de um mês do Mundial de Xangai, o maior nome da natação brasileira foi pego no antidoping. Cesar Cielo, campeão olímpico e mundial, teve resultado adverso para a substância proibida furosemida, geralmente encontrada em diuréticos, em um exame feito no Troféu Maria Lenk, em maio. Além dele, outros três nadadores também foram flagrados: Nicholas Santos, Vinícius Waked e Henrique Barbosa, o único dos quatro que não faz parte do projeto P.R.O. 16, idealizado por Cielo. Em painel realizado nesta sexta-feira, a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) levou em conta o "histórico dos atletas" e decidiu puni-los apenas com a perda dos resultados do Maria Lenk e uma advertência, alegando que eles explicaram como o diurético entrou no organismo e concluindo que não houve aumento de desempenho.

O caso foi encaminhado à Federação Internacional de Natação (Fina), que tem 20 dias para dizer se concorda ou se precisa de mais esclarecimentos para, então, analisar se vai aceitar ou rejeitar a decisão. Caso haja divergência, os atletas ou a Confederação podem levar a questão ao Tribunal Arbitral do Esporte (TAS). As provas de natação no Mundial de Esportes Aquáticos, em Xangai, começam no dia 24.

Em nota oficial divulgada logo após a confirmação da CBDA, Cielo se disse um "atleta exemplar" e alegou que houve contaminação na manipulação de um suplemento alimentar à base de cafeína.

- Sempre fiz uso desse suplemento e nunca um controle feito anteriormente apresentou problema. Pela segurança que tenho na utilização, creio que este resultado tenha sido um fato isolado. (...) Em nenhum momento fui imprudente ou negligente ou usei de imperícia. Não uso nenhum tipo de medicamento ou suplemento sem me certificar da segurança de sua utilização. Em qualquer lugar do mundo em que esteja, consulto sempre meu médico e meu pai, que é médico, sobre os componentes de todo medicamento ou suplemento antes de ingeri-los. Sou extremamente cuidadoso com isso e tenho a consciência tranquila de que não fiz nada para melhorar artificialmente meu desempenho - afirmou Cielo.

O painel, presidido pelo Prof. Dr. Eduardo de Rose e também composto pela Dra. Sandra Soldan, Dr. Marcus Bernhoeft e o Dr. Cláudio Cardone, levou em conta o histórico dos atletas e o regulamento da Federação Internacional de Natação. De Rose admite que a avaliação também leva em conta as competições que os atletas têm no período da punição. Os quatro atletas declinaram do direito de realização da amostra B. Segundo comunicado da CBDA, os nadadores "definiram com precisão como o diurético entrou no organismo, restando comprovado que não houve aumento dos seus desempenhos, fato que não ocorreu nesta competição."

Um dos médicos da CBDA presentes no painel, Marcus Bernhoeft explicou que Cielo sempre informou o uso deste suplemento.

- Em toda a convocação para uma competição, a gente faz uma solicitação para informar o uso de suplementos. E está lá a cafeína (nas declarações de Cielo). Mas, nesse caso, a justificativa é que ela estava contaminada. Isso foi anexado ao processo, que foi encaminhado à Fina. E ela vai aceitar ou não - disse Bernhoeft.

Na manhã desta sexta-feira, Cielo e Nicholas Santos não foram ao treino, no Centro Olímpico do Ibirapuera, em São Paulo. Os atletas teriam alegado motivos pessoais pela ausência.

--

EU SEMPRE DETESTO AS MATERIAS DA GLOBO, É COMO SE ELA MORDESSE A ASSOPRASSE AO MESMO TEMPO É MTO CHATO TER Q LER E COLOCAR VCS PRA LEREM ISSO... MAS O TEMPO TA CURTO E EU NAO TENHO COMO FAZER UMA FILTRAGEM E COLOCAR O Q FOR MELHOR PRA VCS, DESCULPA MESMO.

--

Cesar Cielo se diz ‘atleta exemplar’ e alega contaminação de suplemento

Flagrado no antidoping por uso de furosemida, campeão olímpico e mundial diz que o episódio é um fato isolado: ‘Em nenhum momento fui imprudente’


Flagrado no exame antidoping pelo uso da substância furosemida nesta sexta-feira, o nadador Cesar Cielo emitiu uma nota oficial, na qual alega que o caso é um “fato isolado”. Ele explica que a presença da substância foi fruto de uma "contaminação cruzada durante a manipulação de um suplemento" e se diz um "atleta exemplar" neste aspecto. O campeão olímpico e mundial e outros três nadadores receberam apenas uma advertência e perderam os resultados do Troféu Maria Lenk, em maio. Confira a íntegra do comunicado.

“Quero dar minha posição a respeito de uma notificação de um painel realizado nesta sexta-feira pela CBDA, no Rio de Janeiro, sobre a presença da substância Furosemida, encontrada em alguns atletas da seleção brasileira que disputaram o Troféu Maria Lenk, em maio.

Durante o painel, todos os dados foram levantados e comprovada a presença da substância por meio de contaminação cruzada durante a manipulação de um suplemento (excepcionalmente, isso pode ocorrer, mesmo que observadas normas e protocolos de manipulação sob orientação da Vigilância Sanitária).

Sempre fiz uso desse suplemento e nunca um controle feito anteriormente apresentou problema. Pela segurança que tenho na utilização desse suplemento, creio que este resultado tenha sido um fato isolado. Por causa dessa mesma confiança, outros atletas também fizeram uso do suplemento.

Fato que nos ensina muito.

Durante toda a minha carreira, sempre tive o maior cuidado com todo tipo de medicamento ingerido. Me considero um atleta exemplar neste aspecto. Nunca utilizei nenhum recurso ergogênico ilícito que pudesse favorecer a minha performance.

Acredito que todo mérito de um atleta seja resultado de muito treino, dedicação e seriedade. Tenho a convicção de que todos os resultados que conquistei na minha carreira sigam esses pilares.

Faço controles constantemente - este ano, já fui testado cinco vezes. Fiz, inclusive, teste de sangue na França, durante o Aberto de Paris. Passo por controles periódicos e sou um dos atletas que integram o programa de rastreamento da Fina, o que significa que preciso sempre informar a entidade cada vez que me desloco. Posso ser testado a qualquer momento, em qualquer lugar. São as regras do jogo e eu sempre soube disso.

No dia 26 de abril, quatro dias antes de começar o Troféu Maria Lenk, recebi uma carta da Usada, órgão oficial antidoping dos Estados Unidos, me parabenizando pelos resultados dos testes antidoping realizados em Michigan, durante o Grand Prix.

Em nenhum momento fui imprudente ou negligente ou usei de imperícia. Não uso nenhum tipo de medicamento ou suplemento sem me certificar da segurança de sua utilização. Em qualquer lugar do mundo em que esteja, consulto sempre meu médico e meu pai, que é médico, sobre os componentes de todo medicamento ou suplemento antes de ingeri-los. Sou extremamente cuidadoso com isso e tenho a consciência tranquila de que não fiz nada para melhorar artificialmente meu desempenho.

Pelo respeito, pela confiança depositada em mim e consideração que tenho pelo brasileiros e a comunidade da natação e do esporte, estou esclarecendo a situação.”

--
ge.com
--

Olha esse Título gente (Cielo SE DIZ atleta exemplar entre aspas) a globo me enoja, quando foi pra comemorar as medalhas e os resultados puxava o saco do Cesão em tempo integral né? O Cielo não se diz atleta exemplar, pelo amor de Deus ele é!

--

CBDA diz que ‘falta de limpeza’ em farmácia causou o doping de Cielo

Empresa fica em Santa Bárbara D´Oeste, cidade natal do campeão olímpico


Falta de limpeza na bancada onde as cápsulas são produzidas. Segundo a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), a farmácia onde Cesar Cielo compra seus suplementos alimentares assumiu a culpa pelo doping do nadador. A empresa, que fica em Santa Bárbara D’Oeste - cidade natal de Cielo -, enviou à entidade um relatório avisando sobre a contaminação dos produtos, à base de cafeína, por furosemida, substância proibida pela Agência Mundial Antidoping (Wada).

- A farmácia mandou um relatório do dia da manipulação desse suplemento, com os horários e as substâncias que foram manipuladas naquele dia. Eles assumem esse erro da manipulação no encapsulamento por falta de limpeza da bancada. Como foi feito um pedido em caráter de urgência, porque ele ia viajar e precisava levar o remédio, eles pararam a manipulação que estavam fazendo na hora, com furosemida, para fazer a manipulação de Cielo - disse Sandra Soldan, ex-triatleta e médica da CBDA.

Segundo Sandra, a contaminação foi confirmada pelo Ladetec, laboratório carioca credenciado pela Wada. Ela afirmou ainda que o fato de a farmácia - de confiança da família Cielo - ter assumido o erro foi determinante para a decisão da CBDA em apenas punir o nadador com uma advertência. Além dele, Nicholas Santos, Henrique Barbosa e Vinícius Waked, que teriam tomado as cápsulas do mesmo frasco de Cielo, receberam a mesma punição.

- É claro que isso foi de fundamental importância para a decisão do painel, e esse relatório foi encaminhado para a Fina junto com todo o processo. Os outros, que fazem parte do mesmo grupo que Cielo, fizeram uso do mesmo remédio.

O caso foi levado à Federação Internacional de Natação (Fina). A entidade tem 20 dias para dizer se concorda com a CBDA ou se precisa de mais esclarecimentos para analisar se aceita ou rejeita a decisão. Caso haja divergência em relação à punição, qualquer uma das partes - Fina, CBDA ou atletas - pode recorrer à Corte Arbitral do Esporte (CAS).

--

ge.com

--


Emocionado, Cielo se explica em SP: ‘O que não te derruba te fortalece’

Flagrado por uso de furosemida, nadador lê trechos de nota oficial e pede apoio para o Mundial: ‘Aos que rezaram pela gente, peço que rezem o triplo’


De terno escuro, com a fisionomia fechada e aparentemente emocionado, Cesar Cielo entrou na sala de um hotel em São Paulo. Sentou-se à mesa, ajeitou a cadeira e, diante dos microfones, suspirou. Bebeu um gole d’água, colocou os óculos de grau e puxou uma folha de papel. Dali em diante explicou, em pouco mais de cinco minutos, o caso em que ele e outros três nadadores foram flagrados no exame antidoping pelo uso de furosemida. Cielo leu trechos da nota oficial que tinha divulgado mais cedo e acrescentou outros comentários. Alegou que passa por exames constantes, disse que sai do episódio fortalecido e pediu que os torcedores tripliquem o apoio para o Mundial de Esportes Aquáticos de Xangai, em julho.

- Saio com três grandes ensinamentos. O primeiro é que quem não deve não teme. Estou junto com meus companheiros. O segundo é que a verdade sempre aparece, e verdade está ao nosso lado, isso foi provado. O terceiro é que o que não te derruba te fortalece. Sairemos muito mais fortes do que antes e faremos todo o possível para representar o Brasil e o Flamengo da melhor forma. Agradeço todas as manifestações de apoio e volto a me concentrar com meus companheiros no treinamento para o Mundial de Xangai. Peço aos torcedores que rezaram pela gente que rezem o triplo, por favor, que torçam o triplo – afirmou Cielo.

Em sua defesa, Cielo afirmou que passa por exames constantes ao longo do ano e lembrou que apenas este testou positivo. A CBDA informou que houve uma contaminação por culpa da farmácia de manipulação que fazia os suplementos alimentares dos nadadores.

- Faço controle antidoping periodicamente. Já fui testado cinco vezes neste ano. Sou um dos atletas da comissão de controle antidoping da Fina, então sempre informo meus deslocamentos e posso ser testado a qualquer momento, em qualquer lugar - afirmou o nadador..

Cielo chegou à sala do hotel vestindo terno, ao lado do pai, da mãe e de outros dois atletas flagrados no antidoping nesta sexta: Nicholas Santos e Henrique Barbosa. Vinícius Waked, que também foi flagrado, não compareceu. O grupo foi escoltado acompanhado de três seguranças do hotel. Apenas Cielo falou, e todos deixaram a sala sem falar com ninguém, como previsto.

O campeão olímpico e mundial dirigiu-se à mesa, sentou-se e suspirou. Bebeu um gole de água, colocou os óculos, deu boa noite e começou a ler trechos da nota oficial. A maior parte do pronunciamento foi baseado na nota, e Cielo fez poucos comentários além disso.

O episódio vem à tona a menos de um mês do início do Mundial de Esportes Aquáticos de Xangai. Cielo, Nicholas Santos, Vinícius Waked e Henrique Barbosa tiveram a furosemida encontrada em seus testes antidoping no Torneio Maria Lenk. O painel da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), presidido por Eduardo de Rose, levou em conta o "histórico dos atletas" optou por não puni-los com suspensão. Eles perderam os resultados do Maria Lenk e levaram uma advertência. A alegação é de que não houve aumento de desempenho e de que os atletas explicaram como o diurético entrou no organismo.

O caso ainda vai ser avaliado pela Federação Internacional de Natação (Fina), que tem 20 dias para dizer se concorda com a medida ou se precisa de mais esclarecimentos. Caso haja divergência entre a Fina e a CBDA, a Confederação ou os próprios atletas podem levar a questão ao Tribunal Arbitral do Esporte (TAS). As provas de natação no Mundial de Esportes Aquáticos, em Xangai, começam no dia 24.

O argumento que pesou a favor dos atletas, segundo a CBDA, foi o fato de uma farmácia de manipulação ter assumido a culpa pelo doping. A farmácia teria informado que, por um problema de “falta de limpeza na bancada”, houve uma contaminação de furosemida no suplemento consumido pelos quatro nadadores.

--

GE.COM

--

CESÃO RELAXA Q VC TEM DO SEU LADO FÃS QUE TE ADORAM, QUE SEMPRE TE ACOMPANHARAM E ESTÃO COM VC PRA O Q VC PRECISAR, NOSSA TORCIDA SERÁ SIM EM TRIPLO E TUDO Q EU JA REZEI POR VC AGORA EU VOU REZAR SIM O TRIPLO E EU TENHO CERTEZA Q TODO MUNDO AKI VAI TER A MESMA ATITUDE, NÃO SE DEIXE ABATER, TUDO Q DEUS FAZ TEM UMA JUSTIFICATIVA, NÓS ESTAMOS DO SEU LADO, NOSSA CONSIDERAÇÃO, NOSSO APOIO, NOSSO CARINHO E NOSSO RESPEITO POR VOCE SÃO SENTIMENTOS DESCOMUNAIS ESTAREMOS CONTIGO ATÉ O FIM! ACREDITAMOS EM VOCÊ!!

--

CIELO NEGA TENTATIVA DE MELHORAR PERFOMANCE COM SUBSTÂNCIA PROIBIDA


Diretamente de São Paulo - Visivelmente abatido, o campeão olímpico e mundial Cesar Cielo negou na noite desta sexta-feira qualquer intenção de melhora em sua perfomance pelo uso da substância Furosemida, encontrada em sua urina em um teste antidoping realizada durante o Troféu Maria Lenk em maio. Cesar reuniu a imprensa em hotel de luxo em uma área nobre de São Paulo, para ler um comunicado, mas não abriu espaço para perguntas dos jornalistas. Com trajes nada habituais, vestindo terno e gravata e de óculos, ele esteve acompanhado de Henrique Barbosa e Nicholas Santos, que também foram flagrados no teste, mas que nada disseram. Também estavam presentes na coletiva, o pai, a mãe e o técnico de Cielo.
Em seu comunicado, que reproduzia grande parte da nota oficial enviada à imprensa durante à tarde, Cielo afirmou saber que poderia ser testado a qualquer momento. Ele também argumentou ter recebido uma carta de elogio da Confederação Americana de Natação (USA Swimming) por ter tido resultado negativo no seu teste antidoping durante o Grande Prêmio de Michigan, realizado em abril. "Posso ser testado a qualquer momento e em qualquer lugar. Essas são as regras do jogo e eu sei disso", disse.
O campeão argumentou ainda que não toma nenhuma substância sem consultar um médico ou seu próprio pai, que é pediatra, para ter certeza de que pode consumí-la. Em seu discurso, Cielo afirmou que o ocorrido trouxe a ele e seus companheiros três ensinamentos: "O primeiro é de quem não deve, não teme. O segundo é de que a verdade sempre aparece. E o terceiro é de que o que não me derruba, me fortalece", afirmou.
Ao fim, o nadador disse ainda que o caso não vai atrapalhar sua preparação para o Mundial de Esportes Aquáticos, em Xangai, na China, no fim do mês. Segundo ele, a preparação prosseguirá normalmente. No fim, ele agradeceu o apoio recebido de todos os fãs e pediu que seus admiradores "rezem o triplo e torçam o triplo" por ele e seus companheiros.
O caso
Cesar Cielo e mais três nadadores, Nicholas Santos, Henrique Barbosa e Vinicius Waked, foram flagrados no exame antidoping realizado durante o Troféu Maria Lenk em maio. Os quatro tiveram resultado positivo para a substância proibida Furosemida. Após julgamento realizado nesta sexta-feira, o Painel de Controle de Doping da CBDA (Confederação Brasileira de Esportes Aquáticos) julgou que os atletas não obtiveram vantagem com a substância e os nadadores receberam apenas uma advertência, sem ter havido nenhum tipo de suspensão.

--

BSWIMMING

--

UM BEIJAO GENTE!!
DA JACK!

4 comentários:

Rubens de Souza Matos Jr. disse...

Parabéns pelo blog! Sou fã do Cielo e adoro a forma como você aborda as notícias sobre a carreira dele. Dá pra ver que entende do assunto.

Quanto às últimas notícias, temos que torcer pra que a imagem dele não saia muito prejudicada disso tudo. O que ele representa pra natação e pro esporte olímpico brasileiro não pode ser manchado por um episódio desses.

E indo mais direto ao ponto: vocês tem alguma informação sobre essa divergência do que a CBDA diz e a o que a farmácia de manipulação tá dizendo agora? Existe ou não o tal relatório da farmácia assumindo a possibilidade de contaminação?

Juju Nagaoka disse...

Dá vontade de chorar toda vez que leio/vejo algo relacionado com esse assunto. Choro pq não é justo isso tudo estar acontecendo com o Cielo e os outros meninos e choro tbm de raiva e nojo dessa mídia horrorosa.
Só o que tenho a dizer é que nós, fãs, estaremos sempre ao lado do nosso herói orando e torcendo. Porque o que é certo é certo e Deus está vendo, tudo se acertará. =)

Dudu Udud disse...

blz Jack

tbm estou do lado da família CIELO, desse caso só espero justiça.

Nilcelina disse...

CONCERTEZA TAMBEM ACHO ISSO todos nós fas devemos ficar do lado do cesar e naum é justo o que estao fazendo com ele nem com os outros nadadores mais sempree vou ficar do lado dele!sou super fa dele!