quarta-feira, 9 de setembro de 2009

SWIM MORNING SHOW

A Ká me mandou o link de uma entrevista do Brett pro programa da Swimming World Magazine TV, vou colocá-lo junto com um vídeo em que eles analisaram a performance de Cesão e outros no Mundial de Roma.



Se não conseguir ver, clique aqui!



Decreto de Brett e Swim Morning Show: CESÃO, O REI DOS VELOCISTAS NOS PRÓXIMOS ANOS! \\o//////

Beijocas Celestes!!

8 comentários:

Karinny disse...

Eita Paty tu lembra do video onde o Peter Bush, esse mesmo q agora elogia e compara Cesão com POpov, nem apontava do Cesão como favorito no mundial??!! E o tal Jon disse quem leva é o Cielo hehehehehe pois é q coisa não??!!

Valeu pelo outro video.

Atorón o perigon do seu Brett, esse sim sabe das coisas.

Karinny disse...

Não consigo ver o video da swimmingworld :(

Patrícia Angélica disse...

eu lembro sim, Ká!! lembro q eu até critiquei mto aki...

eu tb não consegui ver, mas sei q é o q fala do Cesão...

Papi disse...

Adoro o Cesar, mas o Brett Hawke me coloca doida... Que homem é esse? Bonito, educado, tranquilo, centrado... O QUE É ISSO???

Obrigada, mãe Austrália, por esse filho bendito... que graça de homem!

De matar de inveja...

bjks

Carolina disse...

Swim Morning Show poderia substituir o tv rural ou algo do gênero.

Tiana disse...

Adoro o Brett tb, é muito legal a relação dele com o César especificamente. Nesse vídeo inclusive acho nítida a diferença (apesar do profissionalismo do brett) entre a maneira que ele se refere ao Cielo e a maneira que fala do Bousquet, parece que quando ele fala do César o olhinho brilha! :) No todo o cara é meio gênio mesmo...tem um vídeo do treinamento deles em Auburn que mostra bem o jeitão "Brett" de ser: põe os meninos pra fazer cambalhota e tudo! Sem falar no lance do Gatorade que aí eu já acho meio sinistro... hahahah! bjos!

Papi disse...

Não sei, Tiana... Acho que o Brett ama realmente aos dois nadadores. Porém, demonstra diferente porque Cesar e Freddie são tão distintos, quase os opostos.

Com César a demonstração é quase paternal, enquanto que com Freddie é algo fraternal, é camaradagem.

Para mim isso denota a inteligencia de Brett como orientador: ele funciona diferente para pessoas diferentes. Mas juro que acredito que ama aos dois pupilos da mesma forma.

Alguns dirão: mas ele até se ofereceu para se mudar para o Brasil e treinar Cesar aqui. Mas creio que Brett sabe que Freddie é menos seu dependente que César. A carreira de Freddie sem Brett será uma; a carreira de Cesar sem Brett será outra coisa completamente diferente.

César precisa de um suporte de cunho paternal, precisa sentir a força da sua família nesse treinador - que é de fato a única família que ele parece ter em Auburn.

Freddie é bem mais velho, já está sacudido. Já foi embora pra França, já voltou, dá seus pulos. Ele poderia seguir sem Brett com menos prejuízo do que César poderia seguir sem Brett.

Brett é pai de 4 filhos e tenho certeza que tem ótimo faro para sacar qual de suas "crias" precisa mais do ninho.

É o que eu acho!

beijocas

Tiana disse...

É, pode ser que vc esteja certa, que o Brett realmente faça essa diferença apenas pq sabe que precisa fazê-la, pelo Cesão no caso. E claro que ele não privilegiaria um atleta em detrimento aos seus outros "pupilos", de jeito nenhum. Mas ainda acho que o "brilho" no olho dele qdo fala do César especificamente, é diferente :) Acho que tem algo além da admiração e carinho que ele demonstra pelos outros...Uma ligação mais forte mesmo. :) bjo!