sábado, 5 de setembro de 2009

SERIA O SALVADOR DA PÁTRIA?!

Acho que não! Mas esse artigo é bem interessante!

Fala sobre algumas questões que me preocupam: a Olimpíada de 2016, que nem conseguimos e já está com problemas orçamentários, a ida do Cesão pra reunião de 2 de outubro, o cancelamento da Copa do Mundo e todas as implicações desses fatos.

"Jeitinho brasileiro" pode ser problema na eleição da sede de 2016

A candidatura do Rio de Janeiro à Olimpíada de 2016 tem um inimigo interno: o jeitinho. A flexibilidade na solução de problemas, que pode ser encarada como virtude, também tem seu lado negativo. Um exemplo está nos gastos do Ministério do Esporte para ajudar o Brasil a garantir a sede dos Jogos contra Chicago, Madri e Tóquio e o recente cancelamento da etapa brasileira da Copa do Mundo de Natação, prevista para outubro.

No dia 26 de junho, o ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Paulo Bernardo Silva, encaminhou ao Palácio do Planalto um projeto de lei (33/2009), solicitando crédito suplementar de R$ 50 milhões, dos quais R$ 20 milhões a serem encaminhados ao Ministério da Cultura para financiar o Ano da França no Brasil e outros R$ 30 milhões para o Ministério dos Esportes bancar as despesas da candidatura brasileira. O problema é que esse dinheiro - ainda não garantido porque sua liberação depende de aprovação no Congresso Nacional - já foi gasto.

O Ministério do Esporte admitiu que a verba será a "quitação de convênios em aberto, pagamento de parcelas pendentes com as consultorias contratadas pelo Governo Federal, complementação dos custos da logística de apresentação da candidatura na assembleia do Comitê Olímpico Internacional (COI) em Copenhague, no dia 2 de outubro, e cobertura de eventuais diferenças de paridade cambial".

O Ministério explicou que a necessidade do dinheiro não surgiu por causa de despesas extras na defesa da candidatura brasileira Segundo a pasta, os recursos estavam previstos quando o projeto da candidatura foi feito, em 2008. O Ministério não comentou, mas é fato que o Esporte sofreu duro corte de repasses em março, por iniciativa do Governo Federal, preocupado com o impacto da crise econômica mundial no Brasil. O orçamento de R$ 1,37 bilhões deste ano caiu para R$ 196,81 milhões.

Apesar da redução radical no repasse, o presidente Lula optou por manter o apoio à candidatura brasileira, tanto que pretende comparecer à reunião do COI em outubro, na Dinamarca. Sendo assim, o Ministério do Esporte seguiu o planejamento da promoção da candidatura feito no ano passado, gastou, e o ministro Paulo Bernardo encaminhou o projeto de lei para suplementação orçamentária, ou seja, encaminhou um pedido ao Congresso para um repasse extra. Tal procedimento - de gastar para depois pedir o dinheiro - é comum em todos os ministérios. Resta saber se os delegados do COI com direito a voto dia 2 de outubro interpretarão da mesma forma.

A oposição ao Governo promete impedir a aprovação do projeto de lei, apesar de o Governo ter maioria no Congresso. "Pelas contas feitas pelo PSDB, sobraram cerca de R$ 5 milhões do orçamento do ano passado, isso sem contar com a recente adesão de empresas como o Bradesco e a EBX à candidatura brasileira. Esse dinheiro não seria suficiente para as despesas?", argumenta o deputado Silvio Torres (PSDB-SP).

NATAÇÃO - Um exemplo de planejar primeiro para captar dinheiro depois que não deu certo ocorreu recentemente com a natação. O Brasil se comprometeu a organizar uma das etapas da Copa do Mundo, em outubro, no Rio. Nem as recentes conquistas de César Cielo, porém, foram capazes de ajudar a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos a conseguir recursos. Resultado: na semana passada, a Federação Internacional cancelou o evento.

FONTE: Gazeta da Serra

--> Enfim... achei o texto MUITO bom num todo, mas esse final que eu destaquei é complicada... dá a entender que o Cesão é um tipo de salvador da pátria da natação e dos esportes brasileiros! O que não é verdade, afinal, uma andorinha só não faz verão, né?!

Beijocas Celestes!!!

8 comentários:

Mari Pedroza disse...

Maturidade. É isso que falta para o Brasil! Acho que o "jeitinho" brasileiro inibe todo o crescimento que a gente poderia ter. Não dá mais pra levar as coisas com a barriga, prometer uma Etapa da Copa do Mundo de Natação e avisar assim, na lata, que não vai mais ser realizada.

É fácil bancar várias viagens para deputados e companhia, sustentar hospedagens caréssimas.... mas quem lembra do esporte, da educação, da saúde!?!?!!

Mari Pedroza disse...

Maturidade. É isso que falta para o Brasil! Acho que o "jeitinho" brasileiro inibe todo o crescimento que a gente poderia ter. Não dá mais pra levar as coisas com a barriga, prometer uma Etapa da Copa do Mundo de Natação e avisar assim, na lata, que não vai mais ser realizada.

É fácil bancar várias viagens para deputados e companhia, sustentar hospedagens caréssimas.... mas quem lembra do esporte, da educação, da saúde!?!?!!

Mari Pedroza disse...

Maturidade. É isso que falta para o Brasil! Acho que o "jeitinho" brasileiro inibe todo o crescimento que a gente poderia ter. Não dá mais pra levar as coisas com a barriga, prometer uma Etapa da Copa do Mundo de Natação e avisar assim, na lata, que não vai mais ser realizada.

É fácil bancar várias viagens para deputados e companhia, sustentar hospedagens caréssimas.... mas quem lembra do esporte, da educação, da saúde!?!?!!

Mari Pedroza disse...

cruzes... meu comentário apareceu 3 vezes!?!?!?!!?

jeh ferraz disse...

como sempre o brasil gastando mais do q pode e sem planejamento!!!!!!

mesmo q o brasil não seja sede dos jogos, 30 milhões já se foram.......

os atletas bem q tentam fazer a coisa ir pra frente, mas os políticos não deixam!!!!!!!

arivana disse...

prefiro não comentar.........

Lika disse...

menina,achei uma foto do Cesão na radio Iplay...não é aqueeeellla foto que se diga:"Ai! que foto",mas é algo novo...rs...
ta ai o link:
http://www.iplay.ipleiria.pt/photo/cesar-cielo-na-radio-iplay?context=user



Beijos meninas!

Anônimo disse...

Bom, sempre vai haver essa divergência de opiniões, quando o assunto é política. Ainda mais quando a questão em pauta diz respeito a gastos extras. Mas antes de manifestar qualquer sentimento de plena insatisfação! vamos analizar... Bom o cenário econômico mundial já começou a mudar, o Brasil tem sim uma boa quantia no Tesouro nacional, nossas reservas de dólares vão bem obrigada... quanto a questão de 2016, a minha insatisfação é com a parte prática da coisa, esporte, estamos mesmo aptos a nos superar tanto assim, ser competitivo, chegar ao pódio em tantas modalidades para que conseguimas alguma coisa no quadro de medalhas? enfim essas são os meus questionamentos... Quanto ao gasto, é claro que é um longo investimento, mas que do ponto de vista econômico o retorno será sem dúvidas bem maior! Ora, uma olimpíada no rio não significa só intalações esportivas... mas também um efetivo muito maior na segurança pública, obras que vão melhorar grandes áreas, o que trará a valorização de muitos imóveis, o sistema de transporte então vai sem dúvidas se modernizar muito, e a quantidade de empregos que serão criados, investimentos em hospitais, sistema público de saúde... enfim uma melhoria deveras significativa para o SOCIAL!!! E já está na hora da gente começar a pensar e encarar essa candidatura não apenas como mais um devaneio do COB...

Quanto as afirmações da Oposição... Gente isso é jogo político, eles vão até as últimas consequências, sempre foi assim... E se vcs pararem pra analizar as afirmações partem de um deputado, silvio torres, do PSDB, partido que simboliza toda a hipocresia da direita nacional... PSDB = FHC = política elitista = taxa de juros cada vez maiores = igual a exclusão social cada vez maior e mais lamentável!!!!!

Entro em pânico só de pensar que podemos um dia voltar ao retrocesso e amarras políticas de 8 anos atrás!!!!!!