terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Retrospectiva 2008 :D

Oi amores!
tudo bem ?
ahh eu to exausta... fui pro centro ver uns presentes de natal
mas nao comprei nem pra mim nem pros outros...
mas ganhei um que valeu por mil!
uma camisa linda!! (da série "uma que eu ainda nao tenho" ) do Flamengo! (claro!)
amarela, preta e vermelha! a coisa mais liiiiiiiiinda de todas!
tiro uma foto com ela qualquer dia desses e mostro a voces ok?
agora vamos ao post, saiu no site do globoesporte.com uma retrospectiva esportiva...
nao concordei com algumas coisas (inclusive com "a decepção" direcionada a Mariana Brochado, a musa da natação brasileira e flameng'a'...) mas, é o que se pode esperar da globo nao é?
mas teve o Cesão e vamo por aqui... haha

RETROSPECTIVA 2008: ano consagrou Phelps no mundo e César Cielo no Brasil
Maiô 'espacial' gerou quebra de recordes inédita para a história do esporte

Com uma chuva de recordes mundiais após o criação do polêmico "maiô espacial", a natação foi a estrela absoluta entre os esportes aquáticos em 2008. Já no início do ano, com o surgimentos de novos astros, ficou claro que a modalidade prometia muito nas Olimpíadas de Pequim. Não deu outra. Para se tornar o maior vencedor olímpico, Michael Phelps protagonizou duas provas que estão entre as mais emocionantes da história: os 100m borboleta, quando venceu por apenas um centésimo, e o revezamento 4x100m livre, disputa espetacular na qual foi "salvo" pelo compatriota Jason Lesak nos segundos finais.

No entanto, para os brasileiros, a emoção seria ainda maior nos 50m livre. Era lá que César Cielo competiria com o peso de uma nação sobre as costas para conquistar o primeiro ouro verde-amarelo na modalidade. Mais uma surpresa para um ano que chega ao fim com uma certeza: após 2008, nada será como antes.[...]

[...]

Cielo conquista primeiro ouro para o Brasil na natação

O dia 15 de agosto vai ficar para sempre na memória dos brasileiros como aquele no qual o país subiu ao lugar mais alto do pódio pela primeira vez na natação. César Cielo, que chegou a Pequim desacreditado, surpreendeu os rivais para faturar o primeiro ouro verde-amarelo nos Jogos de Pequim. Após a adrenalina dos 50m, o atleta ainda emocionou o Brasil com suas lágrimas no pódio olímpico. Haja coração!
[...]

César Cielo
"Foi um ano de muita alegria. No dia-a-dia, parece que eu já me acostumei com o fato de ser campeão olímpico, mas cada vez que vejo a minha prova, principalmente o momento do hino, não consigo me segurar, fico emocionado. Em 2008, ficou comprovado que, com dedicação e trabalho, se consegue qualquer coisa. É com esse pensamento que vou seguir no próximo ano." [...]

F: GE.COM
-

Gostei de pelo menos a globo ter reconhecido o empenho, a dedicação, o esforço e a realização da Gabi Silva!!!
agooora, eu vou indo, rs
amanha vou acordar cedo, pq tenho uma entrevista de emprego, amanha de manha... tomara q de certo... rs.
bjos!

4 comentários:

Karinny disse...

Também adorei lembrarem da Gabi, ele merece e tenho certeza q mantendo o foco ela vai evoluir muito.
Espero q ela aceite ir pra Australia lá estão as grandes ;)

Déaa disse...

Mto bom mesmo lembrarem da gabi silva, e uó falarem isso da Mariana mesmo... eu vi a reportagem...tinha que ser a globo :p

BOAAAAAAA SORTE NA ENTREEVISTA JACK!

Patrícia Angélica disse...

sensacionalismo, gente...

tem q ter uma dose de exagero...

vcs lembram uma entrevista logo depois do TML desse ano: "Mariana, pq vc nadou tão mal?" pqp!!!!!! isso é pergunta q se faça?!

mas tb adorei falarem da Gabi!!! ela é mt boaaaaaaaaa!!!!!!! fiquei emocionada qd a encontrei no teatro... hoho ela é uma fofaaaaa

sobre o Cesão... aff... pra q comentar né?? vou parafrasear: "o choro... quando ele vê a prova de Bejing não aguenta"

"ai que gracinha"

hahahahahahahahahahahahahaha

karen disse...

Também apareceu o Cesão na retrospectiva do excelente blog "Pudim de beterraba".

3º lugar

Cesar Cielo é ouro nos 50m rasos
AGOSTO
Quem não se emocionou com ele? O nadador paulista fez o Brasil parar por 21 segundos e 30 décimos ao acompanhar a prova dos 50 metros nado livre. Mostrando humildade e profissionalismo, Cielo levou ouro olímpico desbancando os rivais franceses Leveaux e Bernard. Longe da badalação dos "Vai, Tiago"s, Cielo foi pra China e mostrou ser simplesmente incrível e imbatível. O Brasil renasceu para a natação.
www.pudimdebeterraba.com.br