segunda-feira, 3 de agosto de 2009

ROUBANDO ESPAÇO DO FUTEBOL

É nóis, queiróis!!!!!!!!!

Algumas notinhas que colhi por aí:

César Cielo visita a Itália

As duas medalhas de ouro conquistadas no Mundial de Roma só chegarão ao Brasil na sexta-feira. Até lá, assim como planejado, César Cielo vai passear com a família pela Itália. O campeão nos 50m e 100m livre visitará um patrocinador e um Cielo italiano, alguém que o nadador ainda não sabe se é ou não parente.

César Cielo vai passar a semana de férias na Itália com o pai, César, e a mãe, Flávia

Ídolo em Roma, Cielo está feliz por ter conseguido monopolizar grande parte das atenções no Brasil.

- Tenho que dizer que nestes dias roubei muito espaço do futebol no Brasil - diz.

Cielo emocionou o Foro Itálico quando se desmanchou em lágrimas, no topo do pódio, ao ouvir o hino nacional brasileiro. Foram duas vitórias. Nos 100m livre, com direito a recorde mundial.

- Este Mundial era o que eu queria - comenta o brasileiro, explicando que as duas medalhas de ouro recompensam o esforço de estar a maior parte do tempo longe da família.


Que família mais linda!!!!!!!! Só faltou a Fer...

FONTE: Hoje Em Dia News - Blog

Cielo, a sedução brasileira

Foram 15 dias de água, água e mais água. Os melhores atletas do mundo em cinco modalidades aquáticas mantiveram seus pulmões focados em Roma, mais precisamente no Foro Itálico, sede do Mundial de Esportes Aquáticos. É o evento mais importante do calendário. E, na menina dos olhos do Mundial, a natação, quem brilhou foi o brasileiro César Cielo. Ele não foi o maior vencedor, nem é o mais famoso. Mas seu carisma e seu choro contido seduziram a Itália, causou euforia na arquibancada nas duas execuções do Hino Nacional Brasileiro e os jornais locais o chamaram de imperador. Por causa dele, o Brasil comemora o melhor desempenho na história: a oitava posição, com dois ouros e uma prata. O Mundial terminou, fica a herança das dezenas de recordes batidos, a polêmica dos supermaiôs e a consagração de Cielo como o maior nadador do Brasil. De todos os tempos.

FONTE: Zero Hora Online

César Cielo 'morre afogado' no tanque das mesas-quadradas
por José Roberto Malia para o ESPN.com.br


Na semana em que César Cielo mergulhou no seleto grupo de heróis nacionais, aqueles que o governo e a mídia caolha só descobrem quando sobe ao lugar mais alto do pódio com a cara, a coragem e o 'paitrocínio', a bola murcha do Brasileirão com pinta de Brasileirinho não deu trégua. Roubou a cena, como sempre.

Nas mesas-quadradas, pouco ou quase nada se falou das fantásticas braçadas de Cielo, da situação de penúria que se encontra o esporte - e não apenas a natação. Foram horas e mais horas de discussões inúteis sobre a gangorra do campeonato, com o sobe-desce dos times na tabela de classificação, mesmo faltando 22 rodadas, uma eternidade efêmera.

Como sempre, os engenheiros de obras feitas pelas chuteiras de bico quadrado entraram em campo e, no melhor estilo mãe Dinah sabe-tudo, sapecaram, sem dó nem piedade:

1) Palmeiras (líder) pinta como um dos favoritos ao título;
2) São Paulo renasce das cinzas (três vitórias consecutivas) mas ainda é cedo para dizer que 'o campeão voltou';
3) Goiás segue com uma campanha brilhante (quinta vitória consecutiva);
4) Corinthians paga a conta após desmanche e lesão de Ronaldo: três jogos sem vencer;
5) Flamengo decepciona na estreia de Andrade como técnico de verdade (empatou com o ex -lanterna Náutico);
6) Fluminense perde mais uma, completa 11 jogos sem triunfar e vai se complicando cada vez mais (está em último);
7) Galo volta a sonhar com a ponta (ocupa o segundo lugar);
8) torcedor pernambucano não merece tanto sofrimento (Náutico e Sport na zona de rebaixamento, e Santa Cruz na quarta divisão).

Como se vê, são análises profundas e esclarecedoras, bem mais importantes do que as duas medalhas de ouro de Cielo na piscina de Roma. Pelo apoio e dinheirama que se aplica na natação brasileira, nosso homem-peixe não fez nada mais do que a obrigação.

Ainda o aquário tupiniquim, repleto de piranhas com cartola... Primeiro brasuca a quebrar um recorde mundial fora do país (Guayaquil/82), Ricardo Prado dispensou o supermaiô e até o pé-de-pato para voltar a mergulhar com sucesso no tanque nacional. Apesar do show de Cielo, Pradinho não aderiu ao oba-oba e fuzilou a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos, comandada pelo eterno Coaracy Nunes. "O Brasil não é nenhuma potência no esporte. Pela grana que se gasta, tinha que ganhar muito mais", disse Prado à ESPN Brasil. "O César é um talento brasileiro, mas o que ele aprendeu, aprendeu nos EUA." Curto, grosso e fulminante. Só falta o selo dos Correios.

FONTE: ESPN.com.br

--> ADOREI o prazer quase sádico do Cesão em "desbancar" o futebol!!! Eu também ADOREI essa semana do Brasil falando tanto de natação... FOI LINDOOOOOO!!!

--> Sobre a fala do Pradinho, destacada no última nota, ele tem um pouco de razão, como em criticar a Confederação e dizer que AINDA não somos potência. Mas dizer que deveríamos ganahr mais... Acho que AINDA não... É um passo de casa vez... Conseguimos MUITAS finais dessa vez, o próximo passo é ganhar as medalhas.

Pra encerrar, a propaganda de um jornal carioca, o EXTRA, da Infoglobo.

FONTE: Propmark

--> INCRÍVEL!!! Hilária e linda!!!!!

Beijocas Celestes!!!!!

4 comentários:

Mariana Pedroza disse...

que propaganda mais linda!!!!

é por isso que vou fazer comunicação (jornalismo e propaganda) na facul.... a união de duas paixões!!!!

MUITO FERA ESSA FOTO DO CESÃO *-*

arivana disse...

adorei

paty...=)

jeh ferraz disse...

eu ainda acho um problema sério essa história de só se falar de futebol no brasil.......td bem é a pátria de chuteiras, eu gosto mto de futebol, mas tem tantas modalidades precisando de apoio, patrocínio e atenção da mídia..........
o brasil não é somente o país do futebol.....é o país da natação, da ginástica, do atletismo etc.
que essa boa fase do cesão contribua para a evolução do esporte no brasil..........

Patrícia Angélica disse...

faça mesmo, Mari! hehe!!!! eu faço jornalismo e adoro!!!!!

E Q DEUS OUÇA SUAS PALAVRAS, JEH!! haha