segunda-feira, 17 de novembro de 2008

e mais!

Cielo dá ênfase para os 50 m e busca parcerias até Londres-2012

A medalha de ouro nos 50 m livre prendeu a atenção de César Cielo na prova mais rápida da natação. O brasileiro seguirá competindo nos 100 m, mas, após a conquista em Pequim, sua ênfase será realmente em bater o recorde mundial na distância que o fez famoso.
A decisão de Cielo tem como fatores o seu gosto pelos 50 m e também as dificuldades de completar sua segunda prova, na qual também foi medalhista nos Jogos Olímpicos, com o bronze. "Eu estou mais empolgado com os 50 m agora, sem dúvida", disse o brasileiro, ao UOL Esporte. "Não sei qual é o limite (nos 100 m), mas não será minha prioridade para o Mundial, porque quero me manter em primeiro lugar nos 50 m livre."A virada para Cielo aconteceu principalmente após competir no Mare Nostrum, série de competições na Europa. "Treinei para os 50 m nas Olimpíadas e depois do Mare Nostrum, em julho, em que eu tomei uma lavada de todo mundo nos 100 m, falei que podia parar com a prova, porque não daria em nada", afirmou. No entanto, o técnico Brett Hawke conseguiu influenciar o brasileiro a ter mais confiança. "Brett disse que eu podia pegar entre os três, mas eu achava que não ia nem para a final. Mas lembro que no dia da final eu estava muito tranqüilo. Sentei na sala de balizamento e olhei um por um, vi que podia ganhar de uns caras e chegar em quarto. No fim, empatei com o terceiro, relembrou o paulista."Na nova temporada, para a qual já está treinando, o grande momento será o Mundial de Roma, em julho. Antes disso, terá dois compromissos no Brasil. "Estou no meio do treinamento para o Open, em Florianópolis, e para o desafio que o Gustavo Borges está montando em Fortaleza (CE). Terá muita competitividade, porque o Gustavo está trazendo o (Jason) Lezak, que está confirmado, o Lyndon Ferns, e tentando fechar com o (Alain) Bernard, um pouco mais difícil, porque cobra um pouco caro para a gente". Em 2009, participará de competições nos Estados Unidos, sempre em piscina longa - a curta só volta aos planos em 2010.ReestruturaDepois de mudar seu modo de empresariamento, hoje nas mãos de sua mãe, Flávia Cielo, o nadador também estuda novos patrocínios. No entanto, ele afirma que a intenção é fazer parcerias com as empresas e, fundamentalmente, fechar contratos que durem todo o ciclo olímpico para Londres-2012. "Não quero algo de um ano, que o cara explora até o que não pode e eu acabo nem treinando", explicou Cielo. "Depois, em 2010, que será um ano muito parado, fico sem nada. Mesmo com salário menor, quero apoio nos quatro anos. Agora a pressão vai aumentar cada vez mais, se eu não estiver preparado e pensar só em dinheiro não vai dar
certo".Segundo Cielo, mesmo com uma medalha de ouro a natação não permite uma vida tranqüila nas finanças. "Se eu fosse americano daria para viver disso. Está longe de ser como no futebol ou com um atleta nos Estados Unidos. Vou ter de continuar ganhando mais coisas para ganhar dinheiro, porque só com esta Olimpíada não foi o suficiente", concluiu.


F: Uol!

2 comentários:

Patrícia Angélica disse...

só não gostei de uma coisa: como assim piscina curta só volta pros planos dele em 2010?!

e BH?!

ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh

fala sérioooooooooooooooooo

vou começar desde já a campanha

CESÃO EM BH 2009!!!!!!!!!

VAMOS ENCHER O SACO DELE NO BLOG DO SITE OFICIAL, VAMOS ENCHER O SACO DA FLAVIA!!!!!!!! - brincadeirinha!!!!!!!!!!!!!!!

Karinny disse...

Então vai rolar mesmo o desafio em Fortaleza!!!! Oxe já tô fazendo de tudooo pra tá lá :D
Seu Brett tudo de bom e mais um pouco bem q poderia dá um pulo aqui no Brasil :D
é Cesão brasilero sofreeeeee :( ÇÇ