terça-feira, 2 de setembro de 2008

Texto muito bom

Oi galera, beleza? eu já tava me preparando para deitar, depois do ódio que me deu do casseta e planeta (¬¬') e me deu um estalo assim... e eu voltei pro pc e nao me arrependi... a Karen me mandou um link de um texto que eu gostei muito de ter lido... e eu espero que voces gostem também... leiam aí... ;)

CESAR CIELO, UM OURO SOLITÁRIO PARA ESTE PAÍS DE CHORÕES

Eu me lembro dos Jogos Olímpicos de Los Angeles, em 1984, quando o corredor braziliense Joaquim Cruz ganhou a medalha de ouro na prova dos 800 metros rasos. O país todo celebrou a conquista inédita, esquecendo do fato de que Joaquim, tal qual diversos outros atletas brasileiros, havia se tornado medalhista olímpico por sua própria conta e risco. A vitória de Cruz foi um triunfo pessoal, construído à base de muitos sacrifícios e treinamentos em Utah, EUA, custeados graças a uma bolsa oferecida por uma universidade local. Não me esqueço de que, um dia após a vitória de Joaquim Cruz, a Globo quis lhe presentear com uma casa própria, devidamente recusada pelo atleta, que prontamente questionou: "Por que não me deram uma casa no começo da minha carreira, quando eu realmente precisava de uma?".
Os anos se passaram, mas há certas coisas que não mudam neste país. Quando um brasileiro vence, torna-se orgulho nacional e a conquista é compartilhada por toda uma nação. Porém, quando esse mesmo atleta sai de mãos abanando da disputa de um pódio, é tachado de "amarelão" e vira motivo de comentários genericamente depreciativos, bem ao estilo das piadas que há anos são feitas com Rubens Barrichello, duas vezes vice-campeão de Fórmula 1. Quando um brasileiro torna-se campeão, pouco importa que sua carreira tenha sido construída no exterior, como nos casos de Joaquim Cruz e César Cielo Filho, vencedor da prova dos 50 metros rasos nas piscinas de Pequim 2008 e que treina há anos na Universidade de Auburn, no Alabama. Afinal de contas, estes medalhistas representam "todo o nosso país", certo?
Errado. O Brasil é um país de torcedores chorões que adoram reclamar do desempenho de nossos atletas, quando deveriam focar suas críticas em dirigentes incompetentes, ausência de políticas de planejamento a longo prazo e políticos que só aparecem quando surge um medalhista olímpico na tela da TV. Esse bando de reclamões consegue me deixar quase tão irritado quanto certas transmissões televisivas que botam câmeras nas casas de parentes de atletas e só conseguem flagrar declarações pífias de tias e avós lacrimejantes, um recurso tacanho que virou clichê insuportável.
Sim, eu fico emocionado quando revejo no YouTube o vídeo com o Hino Nacional Brasileiro sendo executado durante a cerimônia de premiação, embora eu não consiga me acostumar com a versão que é tocada atualmente, apenas com a primeira estrofe e os últimos versos, cortando-se todo o restante. E fiquei mais do que feliz com a conquista admirável de César Cielo, a primeira medalha de ouro de toda a história da natação brasileira. Mas que fique bem claro: como bem ressaltou Flávio Gomes, esse ouro "caiu do Cielo". Não foi mérito do COB, da CBDA ou do Ministério dos Esportes, muito pelo contrário. Como bem destacou o pai do nadador na entrevista que concedeu à ESPN Brasil, essa vitória é um mérito muito maior da família de um atleta abnegado, que aos 21 anos abdicou de baladas e namoros a fim de se concentrar em treinamentos espartanos nos Estados Unidos, longe do país que hoje celebra uma vitória essencialmente pessoal.
Vale a pena lembrar que a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos, que certamente custeou a ida de muitos dirigentes para Pequim, não pagou os ingressos para que a família de César Cielo Filho pudesse assistir à sua vitória. E que, como informa o blog de Mauro Cezar Pereira, o campeão dos 50 metros rasos perdeu o patrocínio dos Correios porque optou por treinar fora do Brasil. Agora que Cielo Filho é campeão olímpico, certamente choverão ofertas generosas de patrocínios. Contudo, é preciso recordar o tapa que Joaquim Cruz deu na cara de todos os pachecos patriotas em 1984: na hora em que os atletas mais precisam de apoio, dinheiro e condições para treinar, quem aparece para ajudá-los a pagar as contas?

fonte: Interney.net

-

CIELO PEDE, MAS NÃO FICA DE FORA DO FINKEL
Técnico não dá folga ao campeão, mas admite poupá-lo durante o torneio que começa hoje

O nadador César Cielo pediu, mas por enquanto não poderá acompanhar apenas da arquibancada o Troféu José Finkel, que começa hoje, no Parque Aquático do Corinthians. O campeão olímpico dos 50 m livre está inscrito para representar o Pinheiros, atual pentacampeão da competição de clubes.
De acordo com o técnico Alberto Silva, nunca foi cogitada a ausência do medalha de ouro. "Todo mundo que esteve na Olimpíada vai nadar. Não sei se em todas as provas, mas eles estarão à disposição do clube", afirmou o treinador, que acredita ter sido "um mal-entendido" o fato de o nadador afirmar que não pretendia competir. As eliminatórias dos 50 m livre masculino e feminino serão realizadas hoje, a partir das 17 horas.
Cielo, no entanto, revelou na sexta-feira que estava totalmente decidido a não participar. Afirmou, ainda, que não havia encontrado tempo para treinar desde seu retorno ao Brasil. Medalha de ouro no 50 e bronze nos 100 m livre, Cielo tem passado por uma maratona de compromissos fora das piscinas, que vão de entrevistas a desfiles de moda e ensaios fotográficos.
Para Alberto Silva , não só Cielo mas os outros nadadores da equipe, como Flávia Delaroli, Gabriella Silva e Nicholas Santos, podem nadar provas específicas durante a competição, que vai até domingo. "Tudo vai depender de como estivermos no campeonato. Se a situação for confortável, podemos dispensar alguém de alguma prova", comentou.
Outros atletas olímpicos também marcam presença nas piscinas do Parque São Jorge. É o caso de Thiago Pereira (4º colocado nos 200 m medley), que representa o Minas Tênis e Kaio Márcio, da Unisanta.

fonte: Swim It Up

-

bom, é isso... agora eu vou dormir, senão amanhã eu não trabalho... e
CESÃÃOO A MAH VAI TE VER NO CORINTHIANS QUINTA FEIRA!!! :D

15 comentários:

karen disse...

Aeeeeeeew! Que bom que, sem querer, eu "salvei" a sua noite! kkkkkk!

Sabe q não tô entendendo mais nada disso de Cesão-nada-não-nada!
:\

Beijoooos!

Dona disse...

Já tinha lido esse texto.. É do Inagaki, do Pensar Enlouquece. Ele é ótimo.

Cesar tá com a metralhadora a toda, hein? Só espero que ele não seja prejudicado por isso.

Tamo contigo, Cesão!

X5 disse...

Topa parceria visite meu blog deixe um recado la caso sim...

http://www.insanidadeshumanas.blogspot.com/

Karinny disse...

Obrigada pelas notas Jack e CIA, não sabia disso do Joaquim Cruz e eu tb acho podre qdo a globo e a BAND botam cameraas na casa dos familiares kkkkkkkkkkkkkkk e é ótimo qdo eles perdem pq tais emissoras ficam com a cara de paisagem :o

Mylly Pentelha disse...

Ola galerinha bom dia!!
Bom mediante a tudo escrito no blog e todos os comentarios postados por aqui, lembro-me de hj pela manha aqui no trabalho qndo eu e meus amigos de trabalho viamos ana maria braga, e ele mostrou um exemplo mto bom que serve pra isso td que esta acontecendo, uma menina americana estava numa cerimonia de abertura dos jogos de basquete nos EUA como td sabem o basquete la e tao sagrado qnto o futebol aqui ne, dai ao cantar o hino nacional do seu pais a pequena notavel esqueceu do hino do seu país, enfim um negro levantou-se e a ajudou a acabar de cantar bem antes q toda a plateia vaia-sea
moral da historia: TODOS NOS SOMOS RESPONSAVEIS PELO PAÍS EM QUE VIVEMOS,NAO TEMOS Q ESPERAR ATLETA OU DIRIGENTE OU POLITICO NENHUM DIZER OQ NOS TODOS JA SABEMOS, NOSSO PAÍS E LINDO SOMOS MTO PRIVILEGIADOS, TANTAS PESSOAS MORREM POR FURACOES,TERREMOTOS E ETC, E A GENTE AQUI NO BEM BOM, SO VENDO O CIRCO PEGAR FOGO PRA RIR DA CARA DO PALHAÇO,GALERA NOS SOMOS JOVENS E NOS TEMOS Q MUDAR O NOSSO BRASIL COM EDUCAÇAO DIGNIDADE E RESPEITO, E ISSO Q O CESAO QUER MOSTRAR E E ISSO QUE NOS QUEREMOS QNTO JOVENS, FICO MTO FELIZ QNDO ENTRO AQUI E VEJO COMENTARIOS SOLIDOS PARA ELE, MAS TBM FICO MTO TRISTE PORQ ASSIM COMO DISSE O TEC DA SELEÇÃO FEMININA DE VOLEY, NO BEM AMIGOS O MESMO PAIS Q APLAUDI CESAR CIELO E O MESMO Q CRITICA THIAGO PEREIRA E NO ENTANTO ELES MESMO RECONHECM Q SAO AMIGOS E ATLETAS DE UMA MESMA MODALIDADE. SO Q CADA UM TEM A SUA VEZ, SOU ETERNAMENTE GRATA A TD Q VCS FAZEM POR ELE, MAS PEÇO Q AQUI NESSE ESPAÇO TAO LINDO Q EXISTE PRA ELE A GENTE COMEÇE A REFLETIR SOBRE O Q TEMOS FEITO PRA MELHORAR E NAO PRA PIORAR O NOSSO PAIS!!!
VMOS EM FRENTE GENTE PORQ E ISSO Q TEMOS Q FAZER,PENAR PRA FRENTE SEMPRE EM FRENTE...MIL BJOKAS...

PENTELHA :)

ps: ADOREI OS POST, CESAO AMIGO CALMA TD IRA SE RESOLVER, VC E LINDO E DEUS TE DEU UM DOM SUPERIOR AOS OUTROS O DE AMAR. E PERDOAR...MIL BJOAKS XUDADES!!!

Ione disse...

Oi turma do FC,
Quem for ao Corinthians essa semana entre em contato...!
Vamos lá!?
Ione
msn:i.mcs@hotmail.com

Eliana disse...

Adorei o comentário da Mylly, concordo em gênero, número e grau!

Bjos a todas!

Estou gostando cada dia mais deste blog!

Eliana

Lucinha disse...

Tem um video do César na Globo.com falndo dessa história da CBDA.
O link é esse :)
http://video.globo.com/Videos/Player/Esportes/0,,GIM877127-7824-CESAR+CIELO+RECLAMA+FALTA+DE+PREMIACAO+APOS+O+OURO+DE+PEQUIM,00.html
Beijocas

Lucinha disse...

Só corrigindo, é falando (comi uma letra...)
rsrsrsrsrsrs
Beijos

Amanda Paula disse...

Texto ótimo mesmo!
concordo com tudo que já falaram aqui.. comentário da Mylly diz tudo :)

Cesão, to com você *---* :P
beeijão ♥

thais disse...

03/09/2008 às 11:38

César Cielo recua e faz as pazes com CBDA

Agencia Estado

Um dia depois de fazer duras críticas à Confederação Brasileira da Desportos Aquáticos (CBDA), o campeão olímpico César Cielo recuou e fez as pazes com o presidente da entidade, Coaracy Nunes. Os dois tiveram uma reunião na manhã desta quarta-feira, no Parque São Jorge, em São Paulo, onde acontece a disputa do Troféu José Finkel da Natação, para acertarem os ponteiros.

Na terça-feira, ao anunciar que não participaria do Troféu José Finkel, César Cielo reclamou da falta de apoio da CBDA, dizendo que a entidade não tinha qualquer participação na conquista de suas duas medalhas olímpicas - foi bronze e ouro nos Jogos de Pequim. "O que importa é que, querendo eles ou não, sou campeão olímpico pelos próximos quatro anos. E isso eles terão que engolir", chegou a dizer o nadador.

Já nesta quarta-feira, logo depois da reunião, César Cielo apareceu na piscina do Parque São Jorge com o boné da CBDA e deu até alguns abraços em Coaracy Nunes. "Nada como uma boa conversa. Está tudo resolvido", afirmou o nadador, sem dar detalhes do que foi acertado entre eles. "Ontem foi um dia meio conturbado, mas hoje passamos uma borracha. Vi que em vários pontos eu estava errado."

Mylly Pentelha disse...

Galerinha...
boa tarde viu!!!
amo vcs, ate amanha se Deus quizer...mil bjokas....
pentelha :)

Agradeço a tds q leram meu post passado viu!!! e isso ai junto somos mas forte!!! Bjokas!!

Dona disse...

Tudo resolvido?

Pelo jeito esse prêmio do Cesão vai ser POLPUDO!

Hehe..

Diego Louzada disse...

A torcida no Brasil é extremamente passional e pouco importa o esforço que o atleta fez para chegar a uma Olimpíada ou um Mundial. isso já está enraizado na cultura e só com muito tempo poderá mudar.
Muito ainda há por ser feito, mas temos que reconhecer que o governo já começou a mobilização através da Lei Agnelo Piva, que destina uma parte da arrecadação das loterias para o pagamento de bolsas e apoio aos atletas.

Uma senhora que trabalha comigo veio com um dado que mostrava que cada medalha tinha custado uma fortuna se dividido o dinheiro investido pelo número de medalhas.

mayara disse...

palmas p/ mylly \o/

adorei o comentárioo e adorei a matéria q jack postou mtu boa mesmoo ;]

amo mtu td isso akee povoo \o/